Atendimento (41) 3016-9484 De 2ª a 6ª das 8:00 as 20:00 horas.

Projeto Todos Conta o Aedes Aegypti

Sku: A0021

Categoria: Livros PedagógicosLiteratura

Marca: EDITORA VALE DAS LETRAS

Quantidade Mínima para Compra: 30 UN

Quantidade Disponivel: 9970 UN

Lançamento

Por R$ 229,00

à vista R$ 215,26 economize 6% no Boleto Bancário ou Depósito Bancário

ou em 11x de R$ 24,06

Ver parcelas
1xdeR$ 229,00 Sem juros Total: R$ 229,00
2xdeR$ 114,50 Sem juros Total: R$ 229,00
3xdeR$ 76,33 Sem juros Total: R$ 229,00
4xdeR$ 57,25 Sem juros Total: R$ 229,00
5xdeR$ 45,80 Sem juros Total: R$ 229,00
6xdeR$ 38,17 Sem juros Total: R$ 229,00
7xdeR$ 36,05 Com juros Total: R$ 252,37
8xdeR$ 31,92 Com juros Total: R$ 255,40
9xdeR$ 28,72 Com juros Total: R$ 258,44
10xdeR$ 26,15 Com juros Total: R$ 261,52
11xdeR$ 24,06 Com juros Total: R$ 264,61
Frete e Prazo

Simule o frete e o prazo de entrega estimados para sua região:

Descrição do Produto

O Projeto Todos Conta o Aedes Aegypti busca conscientizar a comunidade escolar quanto à importância do combate ao mosquito Aedes aegypti, em função da apropriação de valores referentes à humanização da vida e das relações entre as pessoas. Desenvolve e aprimora o domínio de competências básicas humanas. Motiva a adoção de hábitos de higiene local bem como sua manutenção e prevenção na proliferação na infestação. Refl ete sobre a necessidade das medidas preventivas para o bem estar social, criando atitudes organizadas para o cuidado da família e consequentemente da sociedade.

Informações do Produto

TODOS CONTRA O AEDES AEGYPTI APRESENTAÇÃO: Em 1846, o mosquito Aedes aegypti tornou-se conhecido quando uma epidemia de dengue atingiu o Rio de Janeiro, São Paulo e Salvador. Entre 1851 e 1853 e em 1916, São Paulo foi atingida por epidemias da doença. Em 1923, Niterói, no estado do Rio, lutou contra uma epidemia em sua região oceânica. Em 1903, Oswaldo Cruz, então Diretor Geral da Saúde Pública, implantou um programa de combate ao mosquito que alcançou seu auge em 1909. Em 1957, anunciou-se que a doença estava erradicada do Brasil, embora os casos continuassem ocorrendo até 1982, quando houve uma epidemia em Roraima. Com o passar dos anos o Aedes aegypti proliferou, aumentando o número de casos e, além da dengue, passou a transmitir outras doenças como o zika vírus e chikungunya, fazendo cada vez mais vítimas mortais. Apesar das campanhas do governo federal junto aos estados e municípios do país, no sentido de veicular no rádio, TV e demais meios de comunicação propagandas ligadas ao tema, muitas pessoas ainda não se conscientizaram que a dengue pode ser tão prejudicial a ponto de levar a morte. Diante dessa triste realidade e com a intenção de incentivar a campanha e mobilização da população, partindo da educação básica, a Editora Vale das Letras desenvolveu uma coleção com oito livros de literatura com histórias divertidas e criativas; trazendo mensagens e ensinamentos sobre temas relacionados ao combate ao Aedes aegypti. JUSTIFICATIVA: A questão ambiental vem sendo discutida mundialmente como meio fundamental para manter a vida na Terra. A própria Constituição Brasileira atual estabelece a necessidade de mudanças do comportamento humano em relação ao meio ambiente e criar a consciência da responsabilidade individual sobre o coletivo. Faz-se necessário despertar a comunidade para o risco que se corre ao não aderir coletivamente à luta contra o mosquito Aedes aegypti, causador da dengue e de outras doenças, bem como conscientizar a todos que só conseguiremos solucionar o problema quando todos se unirem e abraçarem esta causa. O ponto central de toda atividade da escola é o aluno. É a ele que está voltada a nossa atenção para a programação e execução deste projeto. A escola pode e deve aproveitá-las para aproximar-se da realidade do aluno e, em consequência agir em benefício do seu desenvolvimento. FUNDAMENTOS PEDAGÓGICOS TODOS CONTRA O AEDES AEGYPTI OBJETIVO GERAL: • Conscientizar a comunidade escolar quanto à importância do combate ao mosquito Aedes aegypti, em função da apropriação de valores referentes à humanização da vida e das relações entre as pessoas. • Motivar a adoção de hábitos de higiene local bem como sua manutenção e prevenção na proliferação na infestação do Aedes aegypti. Além disso, desenvolver e aprimorar o domínio de competências básicas humanas, tais como: comunicação oral e escrita, leitura e interpretação de textos e promover a manutenção de um comportamento solidário e do exercício do cidadão. • Refl etir sobre a necessidade das medidas preventivas para o bem estar social, criando atitudes organizadas para o cuidado da família e consequentemente da sociedade. Conhecer sobre os cuidados que se deve ter para evitar o crescimento de focos do mosquito. OBJETIVOS ESPECÍFICOS: • Incentivar a apreciação pela literatura infantil; • Identifi car o mosquito transmissor Aedes aegypti; • Conhecer as formas de contágio, prevenção e tratamento; • Reconhecer os sintomas do dengue, chikungunya e zika; • Diagnosticar as difi culdades em conter o mosquito transmissor; • Identifi car as causas de ocorrência de epidemias; • Identifi car as regiões brasileiras mais afetadas pela dengue; • Conscientizar as crianças sobre a contribuição de cada um na prevenção do Dengue; • Desenvolver hábitos e atitudes que ajude a acabar com a proliferação do mosquito; • Reconhecer como os hábitos de higiene ajudam a manter a saúde e a prevenir doenças; • Desenvolver a cidadania; FUNDAMENTOS PEDAGÓGICOS TODOS CONTRA O AEDES AEGYPTI CONTEÚDOS DO PROJETO: A coleção Todos Contra o Aedes Aegypti é composta por: • 8 livros de literatura – 28 x 28 cm – 24 páginas • 1 guia da família e do educador – 20,5 x 27,5 cm – 24 páginas • 1 jogo da memória com 27 pares • Embalagem Protetora UM BREVE RESUMO DAS LITERATURAS: MARIANA, LOLI E O MOSQUITO DA DENGUE Mariana e Loli estavam brincando no jardim quando um mosquito pousou na cabeça de Mariana. As amigas fi caram com medo de tratar-se de um mosquito transmissor de dengue, por isso foram pesquisar para ver se corriam algum risco, e de que forma poderiam se prevenir do Aedes aegypti. TUTA TATU E OS CRIADOUROS DO AEDES AEGYPTI Tuta estava muito feliz, pois hoje teriam uma aula muito especial, onde visitariam a fl oricultura do Senhor Bicão. Chegando à fl oricultura, a professora explicou aos alunos que estavam ali para estudar sobre o Aedes aegypti. No início acharam engraçado, mas depois fi caram impressionados por descobrirem como o mosquito nasce como poderiam evitar a sua proliferação. EMIR, O AGENTE DE SAÚDE Jacira, a porquinha estava se deliciando com a sobremesa junto com sua família, quando inesperadamente recebeu a visita do agente de saúde, o senhor Emir, a ema. Seu Emir explicou sobre a dengue e como acontecia todo o ciclo de criação do mosquito. Pediu para examinar o quintal da casa e fez uma descoberta que surpreendeu Jacira. LINDALVA CONTRA O AEDES AEGYPTI Lindalva chegou animada da escola pois havia aprendido sobre o mosquito Aedes aegypti na aula. Terminou de almoçar e quando ia pegar seu material, sua amiga Irléia a chamou para brincarem. Lindalva convidou Irléia COMPOSIÇÃO / TÍTULOS TODOS CONTRA O AEDES AEGYPTI para estudarem em vez de brincar, pois a professora falou sobre a dengue e passou um questionário com várias perguntas. Irléia concordou e juntas foram estudar. EMA JUREMA CONTRA O ZICA VÍRUS Certo dia seu Tulio estava lendo seu jornal quando percebeu que sua filha Ema Jurema estava inquieta. Perguntou para ela o que havia acontecido e Ema disse estar preocupada, pois havia sido picada por um mosquito Aedes aegypti. Ela temia estar com alguma doença causada pelo mosquito da Dengue. SR. JIBOIA E A SUSPEITA DE DENGUE Sr. Jiboia era uma jiboia enorme muito dorminhoca, que só acordava para se deliciar com as gostosuras que sua esposa preparava. Mas em uma tarde ele nem pra comer quis acordar. Estava com dores no corpo, febre e dor de cabeça. Seu filho Nildo estava muito preocupado e correu avisar a mamãe, para levar o papai ao hospital, pois seus sintomas eram de denque! LUPI MICO E A FAXINA NO QUINTAL Lupi era um mico muito esperto. Dona Diná, a preguiça, certo dia pediu sua ajuda para limpar seu quintal, que estava uma bagunça; em troca lhe daria um belo lanche. Lupi imediatamente se pôs a trabalhar e organizar tudo. Descobriu vários potes e lugares onde o mosquito Aedes aegypti poderia colocar seus ovos, então teve uma ótima ideia. HARPIA GUTA CONTRA A DENGUE Quando a Harpia Guta voltou de uma longa viagem pela floresta, foi imediatamente procurar o Dr. Tuco para falar sobre o que havia descoberto. Uma nova doença, chamada febre Chikungunya e transmitida pelo mesmo mosquito causador da dengue, estava se espalhando pela região. Dr. Tuco ficou muito preocupado, pois os sintomas eram parecidos com apresentados pelo seu paciente Oscar Ouriço. COMPOSIÇÃO / TÍTULOS TODOS CONTRA O AEDES AEGYPTI GUIA DA FAMÍLIA E DO EDUCADOR: Uma poderosa ferramenta de informação para auxiliar pais e educadores a compreenderem os temas tratados nas literaturas incluídas no kit. Com linguagem didática, o guia traz o histórico do mosquito Aedes aegypti no Brasil, explica as doenças transmitidas por ele e as principais formas de combate ao mosquito. Com as atividades em família propostas no guia, nunca foi tão divertido falar sobre este importante assunto. PARECER PEDAGÓGICO A coleção Todos Contra o Aedes Aegypti vem apoiar uma importante questão abordada nos últimos tempos: a parceria entre a escola e a família. Essa parceria é fundamental para alcançarmos sucesso na aprendizagem e formarmos cidadãos críticos. A dengue e as outras doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti viraram um problema social e, assim como tantos outros, deve fazer parte das discussões em família. Atualmente a prevenção é a maior aliada na batalha contra o mosquito Aedes aegypti e as doenças que ele transmite. Esta coleção serve como apoio às famílias e à comunidade escolar, auxiliando o trabalho do professor, contribuindo efetivamente na parceria entre a família e a escola no combate ao Aedes aegypti.

Avaliação dos Clientes
  • Nenhum comentário foi postado para esse produto, seja o primeiro!